domingo, 10 de julho de 2011

A você.

Eu quero conhecer as ruas, conhecer as pessoas, conhecer a noite. Eu quero um sorriso pleno com uma mesa de café da manhã. Eu quero ganhar um bom livro, quero perder tempo folheando revistas. Eu quero andar por onde o vento me levar sem me preocupar com o relógio em seu bolso. Eu quero sentir e ser sentida. Eu quero sair debaixo de sua sombra e abraçar a vida e correr com ela. Eu quero a brisa na minha face, o sol na minha pele e a liberdade no meu coração. Eu quero viver.

5 comentários:

  1. Ai, Barbosa, que texto lindo.
    Estava inspirada, não?
    :*

    ResponderExcluir
  2. E eu quero capturar um lobisomem, encher o bichão véio de tatuagem e passear com ele na coleira pelo centro de madrugada, só pra esse bando de fresco ficar de cara com a fodeza.

    ResponderExcluir
  3. Nossa que esperançoso, a esperança é algo triste também.. né

    se quiser me add no msn

    alexandrespop@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. querer e tentar viver o que se quer ja é o primeiro passo pra liberdade de ser feliz.

    obrigado pela visita.

    Até

    ResponderExcluir
  5. Eu quero tudo isso, quero um pouco mais de café e um bom livro. Ah... e quero seguir o blog e passar mais tempo aqui. ^^
    Abraços, Thaís Peace.

    http://thaispeace.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Já estou ansiosa para ler seu comentário, mesmo antes de você ter terminado! :D