domingo, 22 de novembro de 2009

Um pulo por um sonho.




Sinta - se agora como uma criança que foi presa em casa, corre para a cozinha e encontra a porta do quintal fechada, onde se encontra a sua mais linda boneca. Procura a mãe, a porta do quarto está fechada. Senta, chora, se econtra só, lenvanta, seca as lagrimas e pensa. Olha fixamente para a janela alta da sala. Corre pega um banco e sobe, ainda é alto. Corre para o quarto e pega uma caixa de brinquedos, coloca em cima do banco, depois uma almofada, depois outra. Agora já alcança a janela com os bracinhos curtinhos, com muito esforço e alguns pulinhos está sentada na janela a tormar uma decisão. Do outro lado não há banco nem almofadas que amorteça a queda, mas há uma boneca e um sonho. O que você escolheria?

2 comentários:

  1. Putz cara, final surpreendente Nanda O___O
    Passei todo o texto me perguntando onde você queria chegar, e nossa, me surpreendi com o resultado.

    Muito bom, muito bom meesmo!

    ResponderExcluir
  2. final surpreendente mesmo [2]
    eu já disse que vc tem o dom né? comento isso todas as vezes aqui !

    eu escolheria o sonho, vale a pena a queda se no final vou ser recompensada :)

    ResponderExcluir

Já estou ansiosa para ler seu comentário, mesmo antes de você ter terminado! :D