domingo, 26 de julho de 2009

\ooo/



Pela primeira vez, eu estou na frente da pagina de postagem e não sei o que escrever. Hm.. deixa eu ver.. AAH, hoje eu fui na missa *--*' Isso pra mim é uma coisa diferente sabe, porque eu não sou católica, só vou na igreja em dia de casamento e olhe lá, e daí as pessoas me veem sentada lá no banco e perguntam o que eu estou fazendo alí.. não, eu não entrei por engano na igreja.

Eu sou espírita e estou muito satisfeita com a minha religião, mas é que a igreja é um lugar tão agradável!! Existem muitas coisas que são diferentes SIM, muitas mesmo, mas eu cheguei a conclusão que as duas religiões pregam a mesma coisa, de maneiras diferentes, mas o mesmo Deus, o meu Deus.

E eu acho uma palhaçada essa história das pessoas se dividirem por religião, eu tenho uma tia que não anda aqui em casa tem muiiito tempo porque ela é católica (fanatica :x) e não aceitou que o meu pai tenha virado espirita. Essas coisas só nos separam! Imagina, a fé, uma coisa tãoo linda que serve para unir aqueles que são de bem, e faz é separar. Como diria uma amiga minha, ACHO PALHA :~

Nossa, até que eu desenvolvi bem *-*
hsuaiihuioas, e o que vocês acham sobre isso? ADORO novas opiniões :9'
sahuisa

Beeeijos.

4 comentários:

  1. Fé, algo que deveria ser entreposto todas as religiões, unidas. Cada uma com suas ideologias, mas defendendo sempre Deus, infelizmente, não é o que vemos por esses tempos.Unfortunaly.

    ;*

    ResponderExcluir
  2. Segundo um estudioso, que não me recordo o nome, existem três coisas quem impedem o intelecto pessoal, a ignorância, o fanatismo e a tradição.
    Creio que a separação de sua tia independe da religião e sim do fanatismo dela, visto que sou Católico e minha admiração por ti não mudou em nada! ;)

    beijos
    p.s.: De volta

    ResponderExcluir
  3. realmente, foi bem estranho te ver lá na frente da igreja, saindo da missa.
    eu nunca tinha pensado sobre certo e errado quanto a religião...
    mas se for parar pra pensar, os critérios que as fazem diferentes são os mesmos que nos ajudam a escolher qual praticar/seguir e pronto.
    também tem o fato de que nossa vida tem religião mas não é ela em si (pelo menos não deveria ser), então acho palha [2] o que sua tia fez... até porque o respeito pelas decisões do outro vem antes.
    se todo mundo for intolerante, comofas ?
    que nem você ir à missa (é, fiquei surpresa aquele dia. haha'); você vai por ir, porque acha bonito. se é certo ou errado? não sei. mas a partir do momento que você não atrapalha o que para outros é sagrado, não vejo problema.
    senão, seria como eu não gosto do formato da mão de alguém e querer tirá-la. #semnoção
    ui, falei demais :s
    ai, nanda, adoro seus posts filosóficos; dá vontade de responder. haha ':)
    :*

    ResponderExcluir
  4. Religião não é pra qualquer um... As pessoas devem que entender que não existe uma verdade absoluta no mundo, de que existe e sempre irá existir aquele que pensa diferente de você, e nem por isso ele é pior ou mais ignorante.

    Foi como o amigo citou lá em cima: existem três coisas quem impedem o intelecto pessoal, a ignorância, o fanatismo e a tradição.

    Adorei seu post Nanda, quando quiser companhia para outra missa, to ai! o/

    ResponderExcluir

Já estou ansiosa para ler seu comentário, mesmo antes de você ter terminado! :D