domingo, 29 de março de 2009

Postagem Grande õ/

Estou fazendo agora um trabalho de religião sobre violência familiar contra os jovens e resolvi falar aqui um pouquinho sobre o que penso e o que eu encontrei pesquisando.
O Brasil tá sempre falando que é culpa dos jovens, mesmo que falem indiretamente. Ele é quem causa a desordem na sociedade, se droga, rouba, quebra, é o jovem que é traficante. É ele quem tá lá no sinal vendendo chiclete ou pedindo esmola. É aquele pivete que rouba carteira de gringo na praia. Ele que é o imoral, o vândalo. Pois eu lhes digo, meus caros amigos, nós só podemos dar o que recebemos.

"AÇÃO E REAÇÃO - Nos últimos anos, a sociedade brasileira entrou no grupo das sociedades mais violentas do mundo. A questão que precisamos descobrir é porque esses índices aumentaram tanto nos últimos anos. Já é tempo da sociedade brasileira se conscientizar de que, violência não é ação. Violência é, na verdade, reação. O ser humano não comete violência sem motivo. É verdade que algumas vezes as violências recaem sob pessoas erradas, (pessoas inocentes que não cometeram as ações que estimularam a violência)."

Pra mim, o mais alarmante de tudo, é que a violência começa em casa.
"Lamentavelmente, o que se ouve com grande freqüência é: ‘um tapinha não faz mal a ninguém’. Tal expressão não se justifica, já que toda ação que causa dor física numa criança, varia desde um simples tapa, um beliscão até o espancamento fatal. Embora um beliscão, um tapa e um espancamento sejam diferentes, o princípio que rege os três tipos de atitude é exatamente o mesmo: Utilizar a força e o poder. Muitos pais dizem crer que uma ‘simples palmadinha’ não é violência e que pode ser um recurso eficiente. No entanto, bater não passa de uma atitude equivocada de descarregar a tensão e a raiva em alguém próximo e que não pode se defender."
Imagina como não fica a cabeça de uma criança que sofre violências em casa. O papel de pai e mãe é todo distorcido pela criança. E pior que as marcas físicas, são as marcas psicológicas que ficam pra sempre com ela.

E por ultimo um trecho que eu achei super legal:
"AMAR O PRÓXIMO - O mau uso da palavra, amar, pela nossa Sociedade e pela nossa Mídia, que insiste em relacioná-la tão freqüentemente ao namoro e ao sexo, acaba nos confundindo. No entanto, mesmo antes da era cristã, amar era se relacionar com total igualdade de consideração, sem superioridade ou inferioridade e com tolerância às normais falhas e diferenças dos seres humanos. Amar o próximo (na sua definição mais simples) é não lhe fazer coisas que nós não gostamos que sejam feitas conosco. O que nós não gostamos de receber, o nosso semelhante também não deve gostar. Se respeitarmos essa regra, nos tornaremos cooperadores um do outro ao invés de destruidores, um do outro, como tem acontecido tão freqüentemente na nossa sociedade."

Pra quem é curioso: http://www.overmundo.com.br/banco/violencia-familiar-e-domestica

Beeeijos meu povo :*

quarta-feira, 25 de março de 2009

Conceito de amizade.



Pra mim, amigo que é amigo entende o outro. Mesmo que ultimamente o cara tenha demostrado que não é o mesmo de antes, tá diferente, te tratando diferente, pooow, ele é seu amigo. O carinha que vc conheceu a 3 anos atrás ainda vive dentro daquele que você vê agora. É o mesmo.. só mudou a forma, ou você não conhece realmente seu amigo.
Amigo que é amigo não pensa só em si. Quer saber do outro, não quer ser sempre o centro das atenções, não machuca o outro pra se sentir bem. Ele dá espaço pro outro, quer que ele viva também, quer saber se ele tá bem, quer dar presentes mesmo não sendo o seu aniversário.
Amigo que é amigo conta sempre a verdade, não manipula, não engana nem trai.
Amigo que é amigo sabe exatamente o que faria feliz e também o que te derrubaria. Ele facilita sua vida. Ele tá alí, pra o que der e vier, pra te alertar, se preocupa com seu crescimento pessoal, está acompanhando cada passo seu.
Amigo que é amigo sente a necessidade do outro só de olhar, acolhe e cuida.
Ser amigo é ser misericordioso, afetuoso, humilde e tolerante.
Ser amigo, apesar de parecer, não é fácil. Por isso que dizem que amigos MESMO existem pouquissimos.
Nós não devemos parar só pra pensar nos amigos que estão em falta conosco, e também nas faltas que cometemos com eles. Nunca somos 100%, mas queremos que os outros sejam. Uma vez eu disse: "que bosta de amigas eu tenho, quando realmente eu precisei, elas não estavam lá." Como eu posso cobrar isso delas se nunca lhes ofereci isso? Como posso colher se não plantei?
Mais dificil do que ter amigos, é SER amigo.
eu penso assim :~

segunda-feira, 23 de março de 2009

Hoje à noite, os céus despejaram suas mágoas em mim.

De corpo e alma,
Queria mesmo correr entre as ruas nessa chuva. Perder-me em um clarão, me encontrar em um bueiro escuro. Que o frio me envolvesse, que a solidão me acompanhasse, e a tristeza me consumisse. Que a tempestade me arrastasse, que um raio me atingisse e que assim eu esqueça que um dia houve sol.
22.03.09
19:03 horas.

Aaah, essa chuva não tá fazendo bem pra mim. ><'
:*

quinta-feira, 19 de março de 2009

"O que é o amor?

Se perguntar o que é o amor pra mim
Não sei responder
Não sei explicar
Mas sei que o amor nasceu dentro de mim
Me fez renascer, me fez despertar"

a.mor: 1- atração espôntanea e intensa por alguém ou por alguma coisa. 2- desvelo, carinho. 3- objeto do afeto. 4 pessoa bondosa. 5- namoro.

e assim o dicionário definiu o amor.
Tal sentimento que tanta gente matuta pra explicar ou definir.
Eu diria que o amor é o sentimento mais sincero e puro que um ser humano pode sentir. :'D
E você, como define o amor? :b

terça-feira, 17 de março de 2009

E hoje o céu derramou suas mágoas aqui.

A chuva de hoje a tarde me inspirou *-*'



Para. Escuta. Ouviu os gritos e apelos do meu coração? Sim, meu coração chama por você! Eu não sei o que fazer! Já tentei enganá-lo, mentir, buscar outros caras, ele não se engana, grita e clama cada vez com mais eloqüência por você. Sinta, ele pede por você, ele só busca isso. Ele quer sair pela boca, espanca meu peito já tão dolorido toda vez que te vê. Ele quer a tua boca na minha, a tua língua no meu céu, o teu cheiro no meu, tua perna entrelaçada na minha, tua presença aqui. Ele quer a posse do teu coração, é isso o que ele quer. E entre grito e apelos, eu ainda o ouço dizendo “me ame, por favor.” Você pode escutar?



Fernanda Severo ♥

domingo, 15 de março de 2009

Meu primeiro conto (:

Nina

Era uma vez, (porquê é assim que começam os mais belos contos infantis) uma boneca, uma linda boneca chamada Nina. Morava, já havia algum tempo, numa vitrine de uma bela loja. Mal esperava para ser comprada, e conhecer sua nova dona. Mas toda sua ansiedade tinha um motivo muito importante, o objetivo de sua existência era fazer crianças felizes! *O*


Numa bela manhã quando o sol estava bem aquecido, uma menina aparece na frente da vitrine puxando sua mãe apontando para Nina dizendo “Olha mãe, como o vestido dela é lindo! Eu quero essa!”. A menina entra na loja toda feliz puxando sua mãe. Quando saem, a menina trás Nina nas mãos, pulando sorrindo, rodopiando!


A partir daquele dia a vida de Nina mudou. Ela não agüentava esperar todas as manhãs à hora do almoço para reencontrar sua dona e assim passarem as tardes juntas se divertindo sem parar!


Até que um dia sua dona arrumou uma nova melhor amiga, uma garota do seu colégio que aparecia lá dia sim de não. Aos poucos Nina foi ficando de lado... Já não brincavam havia semanas.


Numa tarde nublada, quando Nina estava jogada no canto do quarto como de costume, aconteceu o que todos os brinquedos temem acontecer. Ela foi colocada dentro de uma caixa de lembranças, que foi trancada em um guarda roupa onde foi confinada a passar o resto dos dias.


Longe do sol que iluminava suas manhãs, estava entregue ao mofo, as traças e a escuridão total. No fundo Nina sabia que o que mais lhe doía na alma era saber que só estava ali, longe de um monte de crianças que precisavam dela para ter uma infância feliz, por causa do egoísmo de uma criança crescida.


E ficou ali, chorando lágrimas invisíveis, que só ela mesmo poderia ver.


Fernanda Severo

sexta-feira, 13 de março de 2009

Sexta - feira 13 de LUA CHEIA :99'

Hoje o dia tá pro JACOB :9 shauiiiohsauiohsauiohsaio'
A segunda sexta-feira 13 desse ano. Você acredita que a primeira foi a EXATAMENTE um mês atrás? na outra eu fui assistir filme na casa da Juuh, e da Bruh, nessa mamãe não deixou. :/
Enfim, h oje no final no ensaio da dança da Cat, meeo, foi o dia em que a lua tava mais linda, babei :b sahuiiiahso'
Eu tava olhando umas coisas aqui na internet sobre hoje, muito interessante olha, por exemplo, a fama de azar da sexta 13 é mais comum entre os cristãos.. que existem muitas história mitologicas.. da igreja e talz que incluem sempre sextas feiras e o numero 13 :b também tem isso:

Quem tem medo de sexta-feira 13 é chamado de parascavedecatriafóbico. o termo vem da junção das palavras gregas "paraskevi"("sexta-feira"), "dekastreis" ("treze") e "phobia" (fobia, "medo"). A palavra é considerada uma especialização do termo "triskadekafobia", ou "fobia do número 13".

Ah meo, tanta fobia boa por aí, e o cara resolve ter fobia logo do 13?? um numero não mara yy'

Ah, estreia hoje no cinema um filme de namorado de terror sei lá :b queria ver ^^'

Enfim, boa noite, sonhem com a lua *_*
:*

quarta-feira, 11 de março de 2009


Sabe quando você tem aquela boa sensação
que passou no teste de matemática?
é o que eu tô sentindo agora :b
essa foto é do mais novo morador daqui de casa! hsuaihuosiiihuaso'
GENTE correria. semana de prova :/
depois eu escrevo uma coisa legal aqui. (ou não .-.)
sahuiohasuoi'


:*

segunda-feira, 9 de março de 2009

(S)


Sabe, eu acho que isso basta pra ser feliz :'D
É, parar um minuto da vida pra adimirar o céu. Gastar um minuto pra tirar um foto mal feita da lua, mas cara, fala sério, ela tá linda hoje, não? *_*
Sabe, as pessoas não costumam parar pra olhar para o céu. Qualquer hora do dia vale, o céu muda de cor a todo momento, não é só bonito no amanhecer nem no pôr do sol, é o tempo todo se você souber reparar. A gente diz o tempo todo que os adultos são muito ocupados, não tem tempo nem pra si mesmos, mas nós crianças, adolescentes sofremos do mesmo mal dos excessos e da ansiedade. Não paramos um instante! Eu pelo menos não. Hoje eu parei pra tirar essa foto e espero lembrar de fazer isso mais vezes! sahuiiiahsoshauo' Afinal, é só disso que eu preciso pra ser feliz.. não ficar olhando o céu o tempo inteiro, porquê se não você ia me dizer, vai morar na rua então :b shauihsauoi, bem que eu iria se não existisse frio, fome e estupradores :x ENFIM, ooolha a lua agora e vê como ela tá linda *_*' shauiihasio'

Beeeeijos.

domingo, 8 de março de 2009